Portal Educação: Parceria que capacita!

Curso online de Educação Infantil (Teorias e práticas pedagógicas)

Leiturinha: parceria que encanta!

Alfabetizar?

Posso alfabetizar minha turma de
Educação Infantil?

Sim, desde que a aprendizagem não seja uma tortura. Participar de aulas que despertem a curiosidade e envolvam brincadeiras e desafios nunca será algo cansativo.

Em turmas que têm acesso à cultura escrita, a alfabetização ocorre mais facilmente. Por observar os adultos, ouvir historinhas contadas pelos pais e brincar de ler e escrever, algumas crianças chegam à Educação Infantil em fases avançadas. Por isso, oferecer acesso ao mundo escrito desde cedo é uma forma de amenizar as diferenças sociais e econômicas que abrem um abismo entre a qualidade da escolarização de crianças ricas e pobres.

Canções, poesias e parlendas são úteis para se chegar à incrível mágica de fazer a criança ler sem saber ler. Quando ela decora uma cantiga, pode acompanhar com o dedinho as letras que formam as estrofes. Conhecendo o que está escrito, resta descobrir como isso foi feito.

Se o aluno sabe que o título é Atirei o Pau no Gato, ele tenta ler e verificar o que está escrito com base no que sabe sobre as letras e as palavras - sempre acompanhado pelo professor. O leitor eficiente só inicia a leitura depois de observar o texto, sua forma, seu portador (revista, jornal, livro etc.) e as figuras que o acompanham e imaginar o tema. Pense que você nunca viu um jornal em alemão. Mesmo sem saber decifrar as palavras, é possível "ler". Se há uma foto de dois carros batidos, por exemplo, deduz-se que a reportagem é sobre um acidente. Ao mostrar vários gêneros, você permite à criança conhecer os aspectos de cada um e as pistas que trazem sobre o conteúdo. Assim, ela é capaz de antecipar o que virá no texto, contribuindo para a qualidade da leitura.

Telma Weisz (Doutora em Psicologia pela USP),
no site Educar para Crescer

7 Comentários:

Karla Brasil disse...

Oie adoro seu blog, e sobre seu post eu acho que isso tem muita coeência, para quem entende a alfabetização como um processo que engloba desde leituras de gravuras, primeiras letrinhas, nome até os textos esta postagem é muito condizente, fique com Deus!

ಌ Márcia ಌ disse...

Trabalho com educação infantil, e é de muita valia sua postagem sobre a alfabetizar nessa idade. Tem muitos educadores que tem dificuldades em entender essa fase, e acaba por prejudicar os pequeninos, pois pensam que essa idade é só brincar sem compromisso, ou deturpa a forma de ensinar. Parabéns!

Luciana Bernardo disse...

Olá Tatiana,
Sei que seu tempo deve ser bem corrido, mas deixei lá no meu blog um carinho pra você.
Bjs
Lu Bernardo
conhecerensinareaprender.blogspot.com

Profa Rose Monteiro disse...

Oi, foi muito bom vc ter postado esse texto da Telma Weisz.Me mostrou novas pistas sobre a alfabetização.
Tem um presentinho para vc no meu blogg.Passa lá!Beijos

Solange Paglarini, disse...

Oi, comprovei isto q vc postou com minha filha, é muito gostoso ver a criança aprendendo sem forçar a barra e ela de observar e agora indo a escola está associando td isso. Valeu! Bjinhos

Nome: Sandra Michelle disse...

OI LINDINHA!
SEU BLOG CONTINUA SENSACIONAL, PARABÉNS

Anônimo disse...

OI MEU NOME É LILIANI. FIZ LETRAS E HOJE TRABALHO COM O 1 ANO ANTIGO C A. AMEI O ESTOJO PRA DAR NO INÍCIO DO ANO . VOU FICAR FREGUESA. ESTAREI SEMPRE AQUI. MEU E-MAIL: liliani.mendonca@hotmail.com