Portal Educação: Parceria que capacita!

Curso online de Educação Infantil (Teorias e práticas pedagógicas)

Leiturinha: parceria que encanta!

Estudos Sociais


Geografia / História

"Estudos Sociais"



A vida da criança se restringe, praticamente, à família e à escola. É nesta que ela vai passar boa parte do seu tempo e ter oportunidade de estar com pessoas fora do seu círculo social. Assim, experiências das mais variadas serão vivenciadas, bem como as dependências da escola merecem ser utilizadas da melhor forma possível.

É na escola que os alunos adquirem condições de desenvolver formas de convivência, atitudes de polidez, respeito, cortesia e cooperação. É lá também que eles assimilam os conceitos de direitos e deveres, de autoridade, de obediência e atitudes morais, cooperativas e de respeito ao próximo.

A vivência das pessoas na sala de aula e na escola deve acentuar cordiais relações humanas. É importante cuidar da formação de hábitos produtivos de trabalho, de habilidades de execução, de cumprimento de responsabilidades individuais e em grupo, conscientizando os alunos quanto aos propósitos de cada tarefa, dos meios de realizá-las, destacando o papel de cada um no desempenho das responsabilidades a cumprir.


O cultivo dos valores sociais, intelectuais, artísticos, morais e cívicos é preocupação constante na programação de Geografia/História.


Deve-se levar os alunos a:

- aprimorar a sociabilidade através de uma convivência feliz no lar, na escola e na sociedade;
- adaptar-se à escola e à vida social;
- compreender a necessidade de cooperação de todos os membros da família e da escola entre si;
- desenvolver atitudes e adquirir conhecimentos sociais relativos à vida doméstica, escolar, urbana e rural.
- adquirir hábitos de cooperação, trabalho em grupo, compreensão e respeito aos direitos e deveres de cada um;
- desenvolver atitudes de disciplina (formar fila, sair e entrar em ordem na sala de aula, movimentar-se sem barulho, controlar-se, respeitar pais, professores, funcionários, pessoas mais velhas e colegas); de independência (pedir auxílio somente quando necessário, saber adaptar-se às situações mais difíceis); de liberdade e seriedade em relação ao trabalho (ser perseverante, procurar concluir o que começou, ter limpeza e asseio pessoal e em relação ao local de estudo).

4 Comentários:

Alexia Braun disse...

Oi, amei seu blog!

Tomei a liberdade de copiar algumas coisas, e colocar em meu face... peço que me perdoe.
Obrigada!
Fique em Paz!!!

ane disse...

a única coisa que eu concordo com vc é q não devemos mencionar o índio somente no dia 19 de abril. o restante já é um exagero, não fazer maquetes por exemplo; o professor deve saber o que é oca, taba e etc e não usar uma oca pra todos os povos como se todos os índios fossem iguais, as crianças devem aprender sobre as diversas tribos indígenas seus costumes e também suas moradias.
nem todos moram em prédios porém quando ensinamos os "tipos de moradia" mostramos todas, casas terréas, prédios, palafitas e outras, porque com as moradias indígenas seria diferente. não é simplismente eliminar as atividades é estudá-las para saber a importância e o contexto das mesmas.

Criações da Kelly disse...

SEU BLOG É ÓTIMO!CONTINUI SEMPRE ASSIM!

mércia ely disse...

olá taty, estou te acompanhando já faz algum tempo,acho o seu blog muito interessante e aproveitoso.
sou professora de educação infantil e eja, e seu blog tem mim ajudado no sentido de fazer com que minhas aulas se tornem cada dia mais dinâmica.